Carregando

O significado de quantificar cor e brilho em uma medição

Publicado em: 21/03/2022 Autor/fonte: Extralab
O significado de quantificar cor e brilho em uma medição

Para muitas indústrias, as medições de cor e aparência ajudam a manter uma qualidade visual aceitável de várias amostras. Para a porção de aparência, a mais comum e, em muitos casos, a medida quantificável mais crítica é o brilho.

 

Historicamente, você precisava de dois equipamentos para medir a cor e o brilho, um espectrofotômetro (ou um colorímetro para algumas aplicações) para medir a cor e um medidor de brilho para medir o brilho. Durante anos, você pode encontrar esses dois produtos lado a lado em muitos laboratórios e linhas de produção.

 

Em muitos espectrofotômetros, existe a capacidade de apresentar uma leitura de brilho “correlacionada”. Embora isso às vezes seja útil, o ângulo de medição não é comum nem disponível na maioria dos medidores de brilho e não é uma medição de brilho verdadeira.

 

Também haverá algum atraso, pois a unidade precisará fazer medições nas posições SCI (componente especular incluso) e SCE (componente especular excluso) , sem mencionar uma sequência de calibração adicional. Devido à natureza de sua configuração e ótica, esta não é uma opção encontrada em um colorímetro.

 

Com a nova tecnologia patenteada, a Konica Minolta oferece a capacidade de fazer uma leitura de brilho real a 60 graus (o ângulo de brilho universal) enquanto mede a cor da amostra. Essa tecnologia economizará muito tempo do operador, pois ele só precisará calibrar um instrumento uma vez.

 

Na maioria dos casos, uma vez que você desliga um instrumento, a recalibração é necessária. Ao ter um medidor de brilho real incorporado em um espectrofotômetro, você precisa apenas de um ciclo de calibração. Além disso, e provavelmente o mais importante, a medição será feita no mesmo local para cor e brilho. Fazer duas medições do mesmo ponto é um fator crucial, principalmente se houver alguma variação na superfície da amostra. Por fim, você eliminará a necessidade de investir e manter dois instrumentos separados,

 

Produtos como CM-25cG , CM-26dG e CM-36dG oferecem essa solução completa de medições simultâneas de cor e brilho. O uso de equipamentos de alta qualidade e tolerância estreita melhorará sua velocidade de lançamento no mercado e o tempo de fabricação, reduzindo o retrabalho e o desperdício devido a variações de cor e aparência.

 

Para maiores informações sobre como os Espectrofotômetros da Konica Minolta podem fazer toda a diferença na sua empresa ou instituição, entre em contato com os engenheiros da Extralab Brasil por e-mail:contato@extralab.com.br ou telefone: (11) 4524 2414.

 

Fonte: http://sensing.konicaminolta.com.br/learning-center/blog/

Analisador de Volume Analisadores de Cor Analisadores de Textura Panificação & Confeitaria Cereais Latícinios Frutas & Vegetais Carnes & Ovos Massas & Grãos Snacks Petfood & Ração Animal Pó & Granulados Géis & Filmes Adesivos Cosméticos Médico & Farmacêutico Cabelo & Produtos Para o Cabelo Embalagens Materiais & Eletrônicos Analisadores de Viscosidade Analisadores Sensoriais
Últimos Posts
Posts Anteriores
  • Junho / 2022 - 5 posts
  • Abril / 2022 - 5 posts
  • Março / 2022 - 8 posts
  • Fevereiro / 2022 - 16 posts
  • Dezembro / 2021 - 1 post
  • Outubro / 2021 - 2 posts
  • Setembro / 2021 - 2 posts
  • Agosto / 2021 - 4 posts
  • Julho / 2021 - 3 posts
  • Junho / 2021 - 14 posts
  • Maio / 2021 - 4 posts
  • Abril / 2021 - 7 posts
  • Março / 2021 - 8 posts
  • Fevereiro / 2021 - 8 posts
  • Janeiro / 2021 - 8 posts
  • Dezembro / 2020 - 2 posts
  • Setembro / 2020 - 10 posts
  • Agosto / 2020 - 42 posts
  • Maio / 2020 - 5 posts
  • Abril / 2020 - 1 post
  • Março / 2020 - 3 posts

Contatos

contato@extralab.com.br

(11) 4524 2414

 

Horário

Segunda a Sexta

Das 09h00 às 17h00

Endereço

Rua Benjamin Constant, 501

Edifício Office Center

Itatiba - SP

Política de Privacidade