Carregando

Avaliação de Maturação e Autenticidade em Aplicação de Tequila

Publicado em: 13/05/2021 Autor/fonte: Extralab
Avaliação de Maturação e Autenticidade em Aplicação de Tequila
Avaliação de Maturação e Autenticidade em Aplicação de Tequila

Contexto e Objetivo

 

A tequila é uma bebida alcoólica famosa feita de seiva fermentada e destilada do agave. O agave azul é o único permitido para a produção de tequila. Existem duas categorias: 100% agave Tequila e “mixtos” que legalmente podem ser misturado em até 51% com outros ingredientes e três tipos: Blanco (branco - fresco), Reposado (Idoso - no mínimo 2 a 12 meses), Añejo (Extra-idoso - pelo menos um ano).

 

Na década de 90, a crescente popularidade da tequila causou uma duplicação do consumo, criando escassez de plantas de agave. No mesmo período, houve uma disseminação de um fungo que afetou 30% de todas as plantas, tornando-as inadequadas para uso em tequila. Como consequência, os preços da Tequila Rosa aumentaram. Atualmente, alguns destiladores produzem e vendem Tequila “mixtos” e fixam os preços 100% agave Tequila. Para enfrentar esse mercado tão difícil, os destiladores precisam determinar facilmente e rapidamente a qualidade e a idade da Tequila, para detectar fraudes ou comparar com seus concorrentes.

 

O objetivo deste estudo é diferenciar e reconhecer as Tequilas com a língua eletrônica, com base em:

- a origem do agave e a porcentagem de agave usado para fazer a bebida

- o processo usado

- o estágio de maturação

- as características de sabor.

 

Língua eletrônica ASTREE

 

A língua eletrônica ASTREE (fig. 1) é baseada na matriz de sensor de líquido, permitindo uma diferença de medida de potencial  entre cada sensor e uma referência de eletrodo. Cada sensor tem uma membrana orgânica específica, que interage com produtos químicos presentes em uma amostra de líquido de uma maneira específica.

Os dados registrados são processados pelo software como um sabor global de impressão digital.

 

 

Fig.1: Língua Eletrônica ASTREE 


 

Plano Experimental

 

Condições Analíticas 


 


Amostras

 

 

Envelhecimento da Tequila 

 

Objetivo: Classificar a Tequila de acordo com o estágio de maturação

 

Fig.2: Classificação de maturação de tequila com o ASTREE


 

Controle de Qualidade com o Nariz Eletrônico 

Objetivo: Detectar fraude e má qualidade da Tequila

 


 

A Língua Eletrônica ASTREE pode:

 

- classificar várias tequilas de acordo com seu

envelhecimento,

- diferenciar sensorialmente a qualidade se é ruim e boa

- discriminar “mixto” e 100% Tequila,

- detectar fraude da Tequila original.

 

Conclusão

 

Graças ao sistema de amostragem automática de dados, o sistema de detecção eletrônico ASTREE dá uma conclusão imediata sobre a qualidade da Tequila.

Os instrumentos da Alpha MOS são úteis para medir e comparar a qualidade das bebidas pelos produtores, bem como para o Conselho Regulatório de Tequila na detecção de fraude, produzida com ingredientes não aprovados.

 

Nas bebidas alcoólicas e destilados indústriais, a língua eletrônica ASTREE tem muitas aplicações no desenvolvimento de produtos:

• Perfil sensorial ou benchmarking de produtos competitivos

• Autenticação de origem e prevenção de adulteração

• Investigação de reclamações de consumidores

• Teste de validade e maturação.

 

Últimos Posts
Posts Anteriores
  • Outubro / 2021 - 2 posts
  • Setembro / 2021 - 2 posts
  • Agosto / 2021 - 4 posts
  • Julho / 2021 - 3 posts
  • Junho / 2021 - 6 posts
  • Maio / 2021 - 4 posts
  • Abril / 2021 - 7 posts
  • Março / 2021 - 8 posts
  • Fevereiro / 2021 - 8 posts
  • Janeiro / 2021 - 8 posts
  • Dezembro / 2020 - 2 posts
  • Setembro / 2020 - 10 posts
  • Agosto / 2020 - 42 posts
  • Maio / 2020 - 5 posts
  • Abril / 2020 - 1 post
  • Março / 2020 - 3 posts

Contatos

contato@extralab.com.br

(11) 4524 2414

 

Horário

Segunda a Sexta

Das 09h00 às 17h00

Endereço

Rua Benjamin Constant, 501

Edifício Office Center

Itatiba - SP